sábado, 10 de outubro de 2015

D E S E N C A N T O









                       Democracia simplesmente quer dizer: Desencanto do povo pelo povo"
Oscar Wilde.

                         Hoje meu post é um desabafo. Resultado  de análise e reflexão sobre todos os acontecimentos políticos em nosso país.

                         O desenrolar da "Operação Lava jato" em todas suas fases até o momento, destacando a mais importante "Erga Omnes" que levou à prisão preventivamente o restante da cúpula do empresariado envolvido nas falcatruas patrocinadas pelo PT.

                          Recordei a época da juventude, estudante secundarista a caminho da politização.  Idealista, senti os sonhos por um Brasil melhor ruir quando os militares assumiram o poder. A partir daí, todos nós, jovens ávidos por viver em um Brasil melhor e mais justo, acreditávamos ser nosso dever lutar para a volta do regime democrático, onde pudesse o povo livremente escolher seus governantes.  Até então, eu tinha exercido o meu direito de voto apenas em uma eleição e por isso tinha essa crença no meu poder de escolha.

                           Não sabia ainda como funcionava essa engrenagem da politicagem, do clientelismo, do toma lá dá cá, da safadeza institucionalizada, das quadrilhas instaladas nos poderes e dos ratos e ratazanas que não satisfeitos com as migalhas abriam lutas do poder pelo poder. Os militares no início foram brandos, algumas cassações, prisões, disponibilidade de funcionários públicos, combate tenaz aos agiotas e sonegadores. Enquanto isso a esquerda espelhando-se na revolução cubana instalaram no Brasil as guerrilhas, sequestros, assaltos a bancos, tudo para enfrentar o governo aqui instalado e por eles até hoje denominado de golpistas.

                             O Ato Institucional nº 5, endureceu o jogo e o País passou ao inteiro controle dos militares.  Passaram-se alguns anos e após muitas promessas retornamos ao tão sonhado regime democrático.  Alguns daqueles políticos safados que foram afastados e outros manipulados pelos militares retornam ao poder. A partir daí não é preciso tecer muitas considerações, governo Sarney um desastre com a inflação chegando a 84% por cento ao mês; Collor decretou o confisco das economias do povo e renunciou ao poder após aquela série de escândalos e a grande pressão dos "caras pintadas" nas ruas do Brasil.

                              Em 1994, com o plano real, conseguimos chegar à estabilidade econômica, mas para que isso acontecesse pagamos um preço  muito alto. Políticos foram aquinhoados com benesses de toda espécie para formação de uma coalizão e com ela uma concessão para reeleição, o maior desastre! Enfim, a pior das escolhas. Após algumas tentativas o povo ENCANTADO escolhe o PT e aí é o início do nosso DESENCANTO.

                              Alojado no Planalto, Lula e seus companheiros implantam o maior sistema de corrupção já conhecido, visando angariar recursos para sua manutenção no poder. Para garantir a "coalizão" criou-se o MENSALÃO. 

                              Achávamos que esse era o maior esquema de roubo de um governo, na verdade o mensalão cujas cifras eram muito menores que um "pixuleco", ou um Barusco no dizer do Ministro Gilmar Mendes,  servia para desviar a atenção de algo muito maior, o roubo do dinheiro público através de obras de infraestrutura na PETROBRAS, ELETROBRAS e outras cujas propinas ao PT, PMDB e alguns executivos e políticos  atinge a casa de muitos Bilhões.

                               Como se não bastasse tanta roubalheira o governo ainda usa o que estão denominando de Pedaladas, inventaram esse nome para dizer que é uma coisa nova, mas não, não é! Essa mutreta é uma velha conhecida dos políticos. São as chamadas operações triangulares muito usadas pelos governadores com seus Bancos Estaduais. Era assim: contratava-se uma empresa para realizar uma obra: não havia dinheiro para dar início; determinava que o Banco emprestasse o dinheiro e quando o governo pagasse a empreiteira ela pagaria o Banco; acontece que, no pagamento dos serviços o dinheiro era repartido entre as empresas e os políticos e o Banco ficava com o "mico". Foi assim com todos os Bancos Estaduais, sem exceção.

                               Agora, paga-se o bolsa família, o abono salarial, com o dinheiro da Caixa e do Banco do Brasil e quando o Tesouro resolve pagar aos Bancos, o repasse é feito sem o pagamento de juros. O crime é o empréstimo que o governo faz nos Banco Estatais. Não é permitido, mas por que o governo procede assim? Para garantir os votos necessários à sua eleição.

                               Vendo hoje tantos políticos acusados de receber propinas no esquema de Petrobras e Eletrobrás dentre outras e conhecendo todos os esquemas que essa corja usa para permanecer no poder, pergunto: ainda assim devemos defender a Democracia? Em um país onde a impunidade campeia? Estamos assistindo, no momento, o presidente da Câmara dos Deputados pedindo o benefício da dúvida.  E a Presidente da República tendo suas contas reprovadas pelo TCU. Como é possível acreditar que um dia o Brasil será uma grande nação com as leis que temos?

        
                                Por que o Lula ainda está solto? Por que com tantas acusações de enriquecimento ilícito o filho do Lula ainda não sofreu uma devassa da Receita Federal? Diante de tudo que estamos vendo e ouvindo sobre os mecanismos de corrupção instalados pelo PT, chego a acreditar que muitos políticos estão em oposição no momento porque não participam da confraria.

                                Enquanto nossos olhos e atenção ficam voltados para Brasília, vereadores, prefeitos e deputados estaduais nadam de braçadas, lotam restaurantes, salões de festas, desfilam em carrões mantidos com o nosso dinheiro e ainda riem na nossa cara! Lançam uma cortina de fumaça para enganar os incautos e calmamente continuam levando a mesma vida, cercados de assessores e com a certeza que, além do foro privilegiado, a justiça em nosso País anda a passos de tartaruga enredada ainda em infindáveis recursos protelatórios.

                                 Parece que a classe política perdeu todo o senso de decoro, aliás, como o Brasil ainda adota o sistema de Capitanias Hereditárias, com os políticos se sucedendo na mesma família, essa má índole deve estar no DNA. O mais grave é que o Poder que legisla é composto em sua maioria por corruptos e malfeitores, portanto, nossas leis serão sempre obsoletas e com a nítida intenção de protege-los e aos seus aliados.


                                  Somos motivo de zombaria por todo o mundo, o país da iniquidade, da impunidade, da insegurança. Aqui se troca educação e saúde por estádio de futebol.

E persiste a indagação: Devemos, ainda assim, defender a Democracia?. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 16 de março de 2015

PT– O PARTIDO SATÂNICO

  






 Amigos, desde o resultado das últimas eleições  fui tomado por uma grande desilusão. 
Não porque perdi  meu voto mas porque perdemos a oportunidade de provocar a alternância no poder. 
Em outras oportunidades já lhes confessei que fui eleitor de carteirinha do Lula até o seu primeiro mandato, acreditava que ele tendo vindo de nossas origens seria o grande condutor das tão sonhadas mudanças. O que assistimos, porém, foi ele copiar seus adversários e aumentar o circo e o pão.

Mas, antes que alguém me confunda com um marginal membro desse partido, esclareço mais uma vez que nunca tive qualquer simpatia pelo PT. Hoje  tenho nojo, quiçá ódio, ou caminhando para isso.

Esse partido - o PT -  dividiu o Brasil. E continua a semear o gérmen da discórdia, dia após dia.
 Esse país tão maravilhoso que acolheu japoneses, italianos, alemães, portugueses, libaneses,  haitianos, nigerianos, e por último sírios, sempre foi berço de hospitalidade, de liberdade, de um bom lugar para  criar nossos filhos. Mas esse Satânico Partido através das suas lideranças vem infundido o ódio entre irmãos.
Estamos sendo divididos entre brancos e pretos, pobres e ricos,  héteros, gays, lésbicas e outros. Esse Luis Inácio Lula da Silva,  com nove dedos,   se tornou em pouco tempo um dos homens mais ricos segundo a revista FORBES e  seu filho,  o tal  Lulinha,  num passe de mágica dizem ser um dos maiores ruralistas do Brasil.

 Como não bastassem todas essas sementes de discórdia, ontem o Ministro Miguel Rosseto teve a petulância, o atrevimento em dizer que os participantes dos protestos não são eleitores da Dilma. Acordaaaa  senhor Rosseto,  as eleições já acabaram e infelizmente a Senhora Dilma é Presidente de todos e não somente dos seus eleitores. É por isso que cada vez mais entramos no buraco, um Ministro de Estado dizer tamanha besteira.

Os políticos precisam urgentemente entender que o povo não vai ficar somente fazendo piada de suas mazelas,  seus roubos,  seus privilégios, mas sentimos que a cada dia a população sente mais nojo e ódio dessa classe. Políticos como Jarbas Vasconcelos, Pedro Simon, Ulisses Guimarães, Cristovão Buarque, Eduardo Suplicy, dentre outros, não possuem influência para as grandes decisões. Quem realmente manda é a turma do Sarney, do Renan. do Jáder Barbalho, do Michel Temer, a turma do PP

 Como prova que esses políticos não estão nem aí para o povo, basta lembrar que apesar dos aumentos da gasolina, da energia, da falta de água, do corte das verbas escolares e da saúde, o Presidente da Câmara Federal autorizou despesas com viagens das esposas, esposos e companheiros dos Deputados (lógico que  com o nosso dinheiro).

Será que os políticos estão esperando que aconteça um golpe militar? uma guerra civil ? que no Brasil surjam radicais como está acontecendo no Iraque e na Nigéria ?  ou estão querendo transformar o Brasil numa Venezuela?  E o que dizer desse tal Stédile,  comandante do exército do Lula? Por que ainda não está preso ? Não está por aí fazendo ameaças às Instituições e à Ordem ?

O que dizem as autoridades sobre o roubo de uma carga com 14 toneladas de dinamite? O fato, em minha opinião,  deveria ser tratado como assunto de segurança nacional. 

Urge uma mudança  na condução de nosso País ou não sobrará pedra sobre pedra.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

O CIRCO EM DOIS ATOS








PRIMEIRO ATO – O ENGODO

                 
O povo brasileiro está estarrecido com a constatação de inúmeras mentiras defendidas veementemente pela atual Presidente da República por ocasião da sua última campanha eleitoral, em 2014.

Percebendo que a sua candidatura em determinado momento poderia naufragar em razão dos acirrados debates com seus adversários, jogou sujo. Acusou uma candidata de se aliar a banqueiros. Que o Banco Central seria entregue aos bancos privados. Ao outro candidato acusava-o de querer reiniciar as privatizações ocasionando com isso um quadro negro de desemprego no país.

Durante os seus programas eleitorais na TV, simulou o desaparecimento da comida na mesa do trabalhador brasileiro, caso o seu adversário viesse a ser eleito. Acusou-o de pertencer ao partido da “Elite Branca” e que ele iria retirar direitos trabalhistas conquistados. Que a volta da inflação estava iminente, dentre outras tantas mentiras.

Foi eleita ao calor do maior escândalo de corrupção visto no Brasil de qualquer época – O Petrolão. Todos sabem que, segundo denúncia de alguns dos envolvidos,  a corrupção na Petrobras beneficiou o PT, o PMDB e o PP, além de engordar as contas correntes dos diversos operadores, Cerveró, Fernando Baiano, Renato Duque, Paulo Roberto Costa e uma dezena de empreiteiros do Brasil,
.
Logo após a sua posse, tirou a máscara e o Ministro da Fazenda deu inicio ao programa econômico do seu governo, anunciando aumentos de impostos e corte de direitos trabalhistas, justamente o que mais negara durante a sua campanha.



SEGUNDO ATO – A DESFAÇATEZ

O PMDB, no dia 26/02/2015, promete fazer  um pronunciamento à Nação onde afirma que o partido -esta ao coeso e defende os interesses do  Brasil. Ora, é público e notório que o dirigente máximo desse partido e também vice-presidente da  república está vivendo dias de cão! O chamado núcleo “duro” do PT, está lhe dando o maior “gelo” depois do que ele não fez em favor do candidato da presidente deputado Arlindo Chinaglia à presidência da Câmara Federal.

Há uma intensa luta nos bastidores pelo poder. Isso sim, são os interesses que eles defendem!. Assistimos nesses últimos doze anos o PMDB,  partido de tantas lutas e glórias se transformar em prostituta do Planalto. Esse partido tem uma fome por cargos muito maior que a do PT, cargos e dinheiro. Para não dizer que estou inventando basta voltar os olhos para a “Operação Lava Jato” e a figura do denunciado Fernando Baiano. Não é só isso,  o que dizer da recondução do Renan Calheiros à presidência do Senado Federal ? A própria eleição do Cunha à Câmara Federal ?


Do jeito que a coisa vai daqui a alguns dias sentiremos saudades do Sarney. Afinal já  há muita gente sentindo saudades do militares!  A minha proposta é que devemos desligar os nossos televisores no dia 26/02, no horário político,  para não ouvirmos o que esses “Caras de Pau” vão dizer.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...